16/08/10

Jesus é rico

Autor: | Dia: 16/08/10

Ouro-Moedas-Riqueza

"Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que pela sua pobreza fôsseis enriquecidos." (2 Coríntios 8.9)

A Bíblia nunca disse que Jesus era pobre. Ele era, é e sempre será rico, pois ele é o Rei dos reis e o Deus de toda a Terra.

Deus é o dono do ouro e da prata:
"Minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos." (Ageu 2.8)

Com aproximadamente dois anos de idade, Jesus já era milionário. Deus usou alguns magos do Oriente para presenteá-lo com ouro, incenso e mirra.

"E, entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus TESOUROS, ofertaram-lhe dádivas: OURO, INCENSO e MIRRA." (Mateus 2.11)

No dicionário, 'Tesouro' significa:
• Quantidade vultosa de ouro, prata, pedras de grande valor, ou dinheiro.
• Lugar onde se guardam preciosidades.
• Relíquias e objetos de valor existentes em certas iguarias.

Você acha mesmo que vieram uma caravana de três reis magos? A Bíblia não diz que foram três. Foram três qualidades de presentes. Leia e tire suas dúvidas:


Veio uma caravana de magos (que não eram reis, pois a Bíblia não diz que eram reis, provavelmente eram astrônomos), que viram uma estrela diferente, e sentiram que haveria alguém especial nascendo, e decidiram ofertar o que lhes havia de melhor. Levaram uma caravana de tesouros, para ofertar ao Rei dos reis.

Eu não cruzaria metade do mundo para dar uma grama de ouro à alguém especial e importante. Foi exatamente o que pensaram os magos. Levaram um tesouro, composto de muito ouro, incenso e mirra. Jesus ficou milionário.

Essa história de menino Jesus pobre e coitadinho está por fora. Jesus SE FEZ pobre, para que na sua pobreza fôssemos ENRIQUECIDOS.

Viva a Bíblia. Remova a pobreza de sua mente.

Sobre o Autor:

Silas Yudi Silas Yudi é jovem e cristão, que aprendeu desde cedo acerca do valor do sacrifício de Jesus na cruz pela sua vida. Está sempre buscando aprender algo novo da Palavra diariamente. Leia mais sobre o autor
Gostou? Não copie! A reprodução total ou parcial do conteúdo deste artigo é proibida sem a devida autorização do autor. Plágio é pecado (Jeremias 22:13).
RSS/Feed: Receba automaticamente todos os artigos deste site.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.
Twitter: Siga o site Eu Vivo a Bíblia no Twitter.
Facebook: Curta a nossa página no Facebook:
Comentário(s) no Facebook:

16 comentários :
  1. Jesus não precisava ostentar riqueza.Tudo o que ha terra é dELE.

    ResponderExcluir
  2. E quem tem TUDO é rico ou pobre? Com certeza... rico!

    ResponderExcluir
  3. Sallatiel Fernandes26 de outubro de 2010 21:45

    Com certeza Jesus é Rico!

    ResponderExcluir
  4. @Sallatiel Fernandes,
    é verdade... Deus usou aqueles magos do Oriente para enviar TESOUROS a Seu Filho... Jesus ficou milionário!

    ResponderExcluir
  5. De que riqueza se trata? pois Ele é rico em misericórdia, graça, amor, perdão, Ele se fez pobre pois se tornou humano para nos resgatar com seu sacrifício, nessa riqueza é que acredito, pois Jesus se fosse financeiramente rico, não necessitaria de pessoas para sustentarem a sua vida de missões.
    rev.glemerson@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o erro de muitos cristãos. Ofertam e dizimam, consoante aquilo que eles pensam que um ministério "precisa". Ou então ajudam os ministérios pobres. Não que não devamos ajudar os ministérios necessitados. Mas essa não deve ser a motivação. A motivação para ser dizimista e ofertante, é obediência á Palavra,... Isto quer dizer, ainda que um ministério seja considerado próspero financeiramente, não devemos parar de "obedecer", á Palavra.

      Excluir
  6. Com a oferta dos reis magos Jesus não ficou milionário nada, você já atentou para a oferta que José e Maria ofertaram no templo? Acho que você precisa pesquisar mais, suas informações colocam um Jesus que não condiz com a realidade que Ele vivia.

    ResponderExcluir
  7. Que "bíblia" é essa que você diz que vive? A bíblia de Mamom? Na sua "bíblia" não tem o livro de Timóteo? Dê uma lida:
    "De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. ​Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes. Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores. Tu, porém, ó homem de Deus, foge destas coisas; antes, segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão. Combate o bom combate da fé. Toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado e de que fizeste a boa confissão perante muitas testemunhas. (1Tm 6:6-12)"

    Tente entender a Bíblia antes de falar sobre ela, e você vai evitar esse tipo de constrangimento para você mesmo. E se você de fato quer VIVER a Bíblia, o primeiro passo é você abandonar essa maldita teologia da prosperidade que você defende mesmo sem saber.

    Que Deus te abençoe e te dê entendimento!

    Georges Nogueira.

    ResponderExcluir
  8. @Georges Nogueira e @Glemerson Alves, a ideia aqui não é querer ficar rico. A ideia é mudar de visão quanto a um Jesus pobre.

    Sabemos que Jesus nunca procurou ostentar riqueza em sua vida na Terra, tanto que foi citado por Glemerson Alves que Ele recebia ofertas de mulheres que o ajudavam em sua missão. Verdade. Mas também acredito que Ele nunca precisou pedir ou implorar por uma esmola para nada.

    Ele tinha dinheiro o suficiente para fazer sua obra, pois recebeu dinheiro desde o seu nascimento, tinha um tesoureiro particular e dinheiro até mesmo para oferecer esmola para outros (João 13.29).

    Simplesmente não consigo imaginar um Jesus mendigo. Por isso acredito em um Jesus rico, mas que não esbanjava sua riqueza com prazeres do mundo, mas investia 100% na sua missão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e salvo, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta.
      Zacarias 9:9

      Excluir
    2. Preconceito Zero Loja, Jesus cumpriu todas as profecias a Seu respeito, mas isso não significa que Ele era mendigo e passava fome. Veja minha resposta ao comentário 10.

      Excluir
  9. @Georges Nogueira, só mais uma coisa:

    Prosperidade não é algo maldito. Se o fosse, o salmista não pediria a prosperidade:

    "Ó Senhor, salva, nós te pedimos; ó Senhor, nós te pedimos, envia-nos a prosperidade." (Salmos 118.25)

    Prosperidade é presente de Deus para os justos. Mas não é acumular bens para o bel prazer, mas é ser suprido em todas as necessidades. Veja:

    "Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O SENHOR seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo." (Sl 35.27)

    Leia mais detalhado:
    Prosperidade é acúmulo de bens?

    ResponderExcluir
  10. quando Maria foi apresentar Jesus no templo, a oferta de sacrifício oferecida (segundo a lei mosaica - Lv 12:8) era oferta de pobre: "e para oferecer um sacrifício, segundo o que está escrito na referida lei: Um par de rolas ou dois pombinhos." (Lc 2:24)

    "As raposas têm seus covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça". (Lc 9:58) ... isso soa como heresia a teo. da prosperidade !

    Certa ocasião, quando Jesus chegou em Cafarnaum (Mt 17:24-27), ele não tinha dinheiro para efetuar o pagamento do imposto da cidade, sendo necessário operar um milagre através de Pedro para efetuar o pagamento. Ao perguntarem para Jesus se era lícito pagar tributo a César, Jesus respondeu: “Por que me experimentais? Trazei-me um denário, para que eu o veja” (Mc 12:14-16). Se Jesus fosse rico, com certeza teria uma moeda no bolso para usar, porém foi necessário alguém trazer uma para que Jesus pudesse vê-la.

    A afirmação dos pregadores da prosperidade de que o Jumento que Jesus utilizou para entrar em Jerusalém, era como se fosse um Cadilac ou uma BMW da época, chega a ser ridícula e mostra o despreparo bíblico dos defensores da teologia da prosperidade. Ora, basta uma análise no contexto cultural para perceber que a “BMW” da época na verdade eram as carruagens e os cavalos, e não um jumento! Na Bíblia vemos claramente um exemplo disso: "Eis que um etíope, eunuco, alto oficial de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todo o seu tesouro, que no seu carro, viera adorar em Jerusalém, estava de volta e, assentado no seu carro, vinha lendo o profeta Isaías.” (At 8:27:28) Além disso, o Jumento não era de Jesus, mas emprestado!

    O próprio túmulo de Jesus foi emprestado (Lc 23:50-53)!

    Se os apóstolos fossem ricos, com certeza eles teriam dado dinheiro ao pedinte, porém eles afirmaram: “Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, anda!" (Atos 3:1-8), e o homem foi curado.

    Vá estudar teologia rapaz, num instituto protestante sério !!! E delete as heresias de Kenneth Hagin da sua vida !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kadu, tenha calma, não precisa ficar nervoso se discorda de algo.

      Veja e entenda o que eu realmente quis dizer:

      1. Os magos do oriente ofertaram ouro cerca de dois anos após a oferta de sacrifício de José e Maria. Tenho certeza que alguém que recebesse ouro teria condições de ofertar um cordeiro.

      2. Jesus não dormia na rua. Ele tinha casa (Mc 9.33; Mt 9.1-10).

      3. Eu nunca comparei nem nunca compararia um jumento com uma BMW. Jesus andou num jumento e emprestado mesmo! Era essa a profecia!

      4. Jesus tinha tesoureiro particular - Judas Isc. (João 13.29)

      5. A Igreja primitiva recebia altas doações de todos os lados, de forma que ninguém vivia na miséria. Não posso dizer que alguém era milionário, mas afirmo com convicção que ninguém era pobre:

      -Atos 2.45 -> Oferta de muitas propriedades e bens feita pelos crentes novos que se converteram na pregação de Pedro

      -Atos 4.32-37

      -Fp 4.10-19 -> Apóstolo Paulo diz que já viveu na falta e na abundância, e no momento desta carta, está em abundância e ora para que Deus supra todas as necessidades da Igreja que o ajudou com muito sustento duas vezes.

      Veja também os comentários de cima para entender melhor o que eu quis dizer. Concordo que o título pode estar meio apelativo, mas a minha ideia não é que todos sejam ricos, mas sim compreender que não precisam viver pobres.

      Se Deus permitir que alguém fique rico, amém, que seja para glória d'Ele. Mas todos devem sempre orar para que não tenham falta de nada (Sl 23). Isso, para mim, é que se chama prosperidade. Se para você é diferente, tudo bem, continuamos irmãos em Cristo.

      A paz!

      Excluir
  11. Estamos vivendo um novo tempo onde DEUS tem levantado Homens como @silasyudi, para que o seu povo possa enxergar o DEUS da provisão (Jeová Jireh), eu entendo esses comentários querendo justificar um Deus pobre e coitado e até acho que isso serve para justificar a condição a qual muitos do povo de DEUS vive atualmente, dessa forma é muito mais fácil para se conformar com a situação e não tomar uma atitude de FÉ para muda-la, pois a vontade do diabo é que o exercito dos fiéis seja fraco, pobre e miserável, desta forma não conseguirá alcançar as almas e tira-las das garras dele, ser pobre e miserável deve ser a condição dos filhos das trevas e não do povo de DEUS, falo com propriedade, pois já estive criticando como a maioria de vocês e não tinha prosperidade nenhuma, tudo me faltava, hoje vivo uma vida abundante, pois tomei posse daquilo que a palavra de DEUS diz e enfrentei todo espirito de miséria e venci, nunca mais quero voltar para traz.

    ResponderExcluir
  12. Se tem uma coisa que não consigo fazer, é perder minha capacidade de indignação e e de me hipocrisar submetendo-me a paradigmas religiosos...sendo assim recompartilho minhas inquietações... para todos que fazem questão de não ler Jesus, não agir como Jesus e não ser como jesus...Para os "neó-cristãos" ou "pseudo-cristãos" que "oram fervorosamente" e acreditam na prosperidade em detrimento a solidariedade e fraternidade e amor ao próximo (principalmente as obras)...e que também são preconceituosos julgando a todos...
    Cuidado ...a seguir são frases de um revolucionário, e segui-lo de verdade pode ser perigoso...

    ResponderExcluir

Gostou do que leu? Comente sobre este estudo!
Obs: Todos os comentários são moderados. Regras:
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Não use palavras depreciativas, este é um site cristão;
- Escreva somente sobre o assunto do post; se deseja falar algo não relacionado ao post use o Formulário de Contato;

Os comentários no Facebook e no próprio site representam a opinião dos seus respectivos autores, e não do autor do site.